Historial

Nos 44 anos da Independência, a Igreja Metodista Unida oferece ao País a reabertura da Escola da Missão, interditada no governo colonial. No ano lectivo de 2020, as crianças e os(as) adolescentes de Luanda poderão usufruir desse património cultural e político, retomado por mãos nacionais. A Igreja passa a oferecer, na integração entre a Escola e Universidade Metodista de Angola, educação do Berçário ao Doutoramento, pautada na ética cristã, na democracia, na liberdade.

A Escola que, em 1887, trouxe modernidade para Luanda, com classes mistas de meninas e meninos, desportos e laboratórios de ciências, agora opera com mais de mil universidades e escolas numa rede global, a International Association of Methodist Schools, Colleges and Universities (IAMSCU).

A Escola que gerou autonomia de pensamento e acção entre angolanos(as), que resultou nas lutas de libertação, oferece, em tempo integral, além do currículo oficial, a Música, da leitura e escrita ao solfejo, canto e instrumentos; boxe e capoeira como expressões de África na diáspora; linguagem de programação, linguagem gestual, teatro, cinema e dança; observação astronómica e estudos do oceano; política global, escola de liderança e de negócios. Alimentação variada e saudável; vestimentas confortáveis e elegantes completam o projecto.

Uma escola africana de nível internacional

A Escola da Missão seleccionou 58 professores(as) e auxiliares, em um amplo recrutamento. São licenciados(as) ou mestres, com dois terços deles(as) fluentes em Inglês e metade fluente em Kimbundu. Com o Português, essas são as línguas oficiais da alfabetização, além do Mandarim no 2º Ciclo do Secundário. São angolanos(as) com formação e experiência internacional: Rússia, Cuba, Brasil, Zimbabwe, Ucrânia, Namíbia e EUA. Com seriedade e competência, retoma o seu compromisso histórico com a independência e a soberania de Angola.

Na Escola da Missão, tradição e modernidade se encontram, novas possibilidades se abrem, humanismo e tecnologia não são incompatíveis

A jovem Deolinda Rodrigues e o missionário Burl Kreps
O menino José Eduardo dos Santos, agora ex-presidente, na equipa de basquete, com o treinador Burl Kreps
Dr. António Agostinho Neto
Abraão Gaspar Martins, Mateus Pereira Inglês, Rose Thomas, José Chipenda, Deolinda Rodrigues, Elisio de Figuereido
Rev Nobre Pereira Dias, o primeiro director angolano, exilado em 1961.
Hoji Ya Henda
Neves Adão Bendinha

Preçário

Os serviços da Escola da Missão são oferecidos ao preço de 1.782.000 Kwanzas por ano ou em 11 parcelas mensais de 162 mil Kwanzas, sendo a primeira paga no acto de matrícula. Esses valores incluem a alimentação, com três refeições diárias. As parcelas devem ser pagas no dia 1 de cada mês lectivo.

O preço dos serviços é padrão, não variando por níveis escolares.

Os preços das vestimentas serão anunciados ainda neste mês de Dezembro.

Estampas dos detalhes das vestimentas

By: Elisabeth Santos
Girassóis de Malanje e Pedras Negras do Pungo a Ndongo
Grafismos dos panos das Bessanganas
Inspiradas nas curvas da Serra da Leba
Deserto de Namibe com a figura abstrata da Welwitscha

Deixe aqui a sua mensagem